Blog    
Início | Login
iPhone X levou cinco anos para ser criado, diz diretor de design da Apple   0 0
A Apple revelou recentemente o iPhone X, seu próximo smartphone top de linha, que a empresa pretende que seja "o futuro dos celulares". Com uma tela que cobre a parte frontal inteira e um sistema de reconhecimento facial para destravar o aparelho, ele é bem diferente dos dispositivos atuais. E segundo Jony Ive, o diretor de design da Apple, isso é fruto de cinco anos de testes e desenvolvimento.

Ive fez a declaração durante o evento New Yorker TechFest, que aconteceu na última sexta-feira. De acordo com o India Times, que esteve presente no evento, ele disse que "aquela tecnologia [do iPhone X] é algo em que nós estávamos trabalhando há cinco anos. E nós tivemos protótipos". Mais especificamente, ele estava falando sobre o display frontal e o reconhecimento facial.

Não foi fácil, segundo o executivo, chegar a um que agradasse a toda a equipe de design da empresa: "99% do tempo, não funcionou para nós. Durante a grande maioria do ciclo de desenvolvimento, tudo que nós tivemos eram coisas que davam errado. Pela definição, se algo não desse errado durante o processo, nosso trabalho se encerraria", comentou.

Futuro dos iPhones

Fazer um iPhone cuja tela ocupasse totalmente a parte frontal, de acordo com Ive, era algo de que a empresa não podia escapar. Segundo ele, "há uma tendência [de celulares sem bordas], e eu entendo isso, e agora, olhando para trás, parecia realmente inevitável. Com fabricantes como Samsung, LG e Xiaomi apostando em aparelhos quase sem bordas na parte frontal, a Apple acabava ficando pressionada a seguir essa tendência de design também.

Quando perguntaram a Ive sobre com qual tipo de tecnologia ele sonha para o futuro, ele se recusou a responder a pergunta diretamente - por medo talvez de vazar detalhes sobre os próximos iPhones, como o India Times sugere. Mas ele mencionou que o tamanho reduzido e a eficiência energética extrema dos processadores atuais permitem que a Apple tenha grandes ambições para seus próximos dispositivos.

Por outro lado, a Fortune ressalta também que embora a empresa tivesse uma série de preocupações com o design do iPhone X, "preço" parecia não ser uma delas. Quando chegar às lojas no dia 3 de novembro, o aparelho será o celular mais caro já lançado pela empresa, com um preço que começa em US$ 1.000 (R$ 3.170 na coversão direta).

Fonte: olhar digital
Postado por Dwkeka
Terça, 10 de Outubro de 2017
Comentários
Pesquisar no blog:    
   home | blog | english
wapbrasil.net™