Blog    
Início | Login
Jair Bolsonaro já foi contra a privatização das telecomunicações   6 0
Candidato à presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro constantemente aparece em entrevistas e discursos dizendo ser a favor das privatizações. O que muitos não sabem, no entanto, é que, quando o assunto são as telecomunicações no Brasil, ele já foi totalmente contrário à privatização.

Durante uma entrevista ao programa do Jô Soares, em 2005, Bolsonaro disse que privatizar as telecomunicações foi uma barbaridade. No contexto da conversa, o deputado criticava as ações de privatização do presidente Fernando Henrique Cardoso, e usava o assunto para justificar porque defendia o fuzilamento do ex-presidente – o que, explicou mais tarde, se tratava de “uma força de expressão que caiu muito bem”.

Agora em 2018, completam 20 anos desde que aconteceu a privatização do sistema de telefonia no Brasil. Anunciado pelo governo de FHC, o programa de privatização ocorreu em 1998 e trouxe mudanças significativas ao setor.

Ao longo dos anos, os preços começaram a diminuir e a competitividade a aumentar na telefonia, que foi beneficiada com a universalização do serviço. Apesar de faltar muito para que a cobertura possa ser de qualidade e igualitária para toda a população brasileira, a privatização, que na época acabou com a Telebras, possibilitou novos negócios e investimentos no país.

Recentemente, a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) divulgou um vídeo que fala exatamente sobre este assunto, afirmando que a infraestrutura de telecom e o desenvolvimento da economia brasileira começaram a caminhar juntas, na época, justamente por estarem em um ambiente privado, dinâmico e competitivo.

"O Brasil que tinha 7, hoje tem 236 milhões de telefones celulares. Viu nascer e se expandir a banda larga, que hoje chega a 30 milhões de acesso fixos. Universalizou a telefonia fixa. Ganhou mais opções de informação e entretenimento com a TV por assinatura. Tornou a banda larga móvel uma realidade para 205 milhões de usuários", informou no conteúdo.

Depois da privatização, ou seja, nos últimos 20 anos, foram investidos mais de R$ 885 bilhões (em valores atuais), que deixaram o setor no topo do ranking de investimentos privados diretos, conforme mostram os números abaixo, divulgados pela Telebrasil: Voltando a Bolsonaro. Diferentemente do que disse no passado, hoje o deputado federal se contradiz ao afirmar que é favorável às privatizações. Com uma postura totalmente privatizadora, ele já chegou a afirmar que o país deve privatizar o máximo que puder.

Em uma entrevista que deu em 2016, ele explicou que, quando foi contra à privatização da Vale do Rio Doce, se tratava de uma opinião contrária à forma com que foi vendida. Apesar disso, ele não deu mais declarações sobre as telecomunicações.

Fonte: minha operadora
Postado por Dwkeka
Quinta, 16 de Agosto de 2018
Comentários
Pesquisar no blog:    
   home | blog | english
wapbrasil.net™